EuroFormula: Para esquecer Monza, Thiago Vivacqua quer redenção em Jerez no próximo fim de semana

3717 03 137

O brasileiro Thiago Vivacqua não vai se lembrar com muito carinho da sua passagem pela Itália na temporada 2017. O piloto da equipe espanhola Campos Racing foi forçado a abandonar as duas corridas por conta de pneus estourados (um em cada corrida). As adversidades aconteceram após Thiago ter sido tocado por seus adversários, tanto na corrida 1 quanto na 2, no sábado (30/09) e domingo (01/10), no autódromo de Monza. Vivacqua não conseguiu somar pontos e ocupa a sexta posição no campeonato, que teve o britânico Harrison Scott definido como campeão antecipado, após vencer as duas provas e chegar a 286 pontos.

No entanto, Vivacqua ainda briga para se manter no topo da classificação. A categoria ainda fará mais quatro corridas em dois eventos na Espanha: Jerez (6 e 7 de outubro) e Barcelona (28 e 29 de outubro). “Ainda temos duas etapas da EuroFormula e ainda posso ficar no Top-3. Esse é o meu objetivo a partir de agora e vou trabalhar forte para conseguir pontuar o máximo possível”, disse o piloto de 20 anos.

Para Thiago, as corridas em Monza não foram nada boas. Para a primeira, no sábado, o piloto partiu da nona colocação e logo na largada foi tocado e viu seu carro perder rendimento e fez de tudo para continuar na prova, mas faltando uma volta para o fim teve que parar por causa do pneu estourado. Na segunda a história se repetiu, mas mais cedo. O piloto largou em sexto no domingo, caiu para sétimo após a largada e vinha lutando bravamente para retomar a posição quando foi fechado e foi forçado a abandonar por conta de mais um pneu estourado.

“Realmente não vou levar recordações boas de Monza nesta temporada, mas essa já foi. Agora é olhar para frente e aproveitar essa vontade de virar o jogo ao meu favor para as etapas seguintes. Nessa semana já temos corrida em Jerez e vou me esforçar para trazer bons resultados para casa. Foi a primeira etapa da temporada que eu terminei sem pontuar e quero que seja a única”, avaliou Thiago, que pilota o carro #2 nesta temporada.

Jerez de la Frontera
A programação no circuito espanhol começa na sexta-feira (dia 6) com três sessões de treinos livres. No sábado (dia 7), acontece uma sessão de classificação e a primeira corrida do fim de semana e no domingo (dia 8) uma nova classificação e a segunda corrida da etapa. Tanto no sábado quanto no domingo, os treinos classificatórios acontecem às 4h30 e as corridas às 12h30, sempre no horário de Brasília. As corridas em Jerez terão duração de 18 voltas ou 35 minutos, com transmissão ao vivo pelo cana da categoria no Youtube (www.youtube.com/euroformulaopen).

O autódromo que recebe a sétima etapa da EuroFormula Open, um dos principais campeonatos de Fórmula 3 da atualidade, é mais um da lista das tradicionais pistas da elite do esporte a motor. Além de já ter recebido etapas da Fórmula 1, o circuito é um dos mais tradicionais da Moto GP. Situado na cidade de Jerez de la Frontera, na província de Cádis, em Andaluzia, o traçado tem extensão total de 4,428km e 13 curvas (cinco para a esquerda e oito para a direita).

Resultado da Corrida 1:
1. #10 Harrison Scott (GBR), RP Motorsport, 16 voltas em 28min17s793
2. #16 Nikita Troitskiy (RUS), Drivex School, a 6s402
3. #7 Jannes Fittje (DEU), RP Motorsport, a 9s357
4.  #3 Simo Laaksonen (FIN), Campos Racing, a 9s809
5. #24 Ameya Vaidyanathan (IND), Carlin Motorsport, a 11s344
6. #19 Ben Hingeley (GBR), Fortec Motorsports, a 11s935
7. #17 Devlin De Francesco (CAN), Carlin Motorsport, a 12s937
8. #42 Eliseo Martinez (ESP), Teo Martin Motorsport, a 15s927
9. #14 Tarun Reddy (IND), Drivex School, a 17s305
10. #1 Cameron Das (USA), Campos Racing, a 23s093
11. #11 Alex Karkosik (POL), a RP Motorsport, a 25s941
12. #18 Yan Leon Shlom (RUS), Fortec Motorsports, a 28s124
13. #22 Daniil Pronenko (RUS), BVM Racing, a 35s726
14. #12 Christian Hahn (BRA), Drivex School, a 41s528
15. #34 Matheus Iorio (BRA), Campos Racing, a 45s371
16. #43 Pedro Cardoso (BRA), Teo Martin Motorsport, a 1 volta
17. #55 Daniel Lu (CHN), BVM Racing, a 1 volta
18. #2 Thiago Vivacqua (BRA), Campos Racing, a 1 volta

Não classificados
19. #77 Guilherme Samaia (BRA), Carlin Motorsport, a 13 voltas
20. #8 Lodovico Laurini (ITA), RP Motorsport, a 15 voltas
21. #20 Petru Florescu (ROU), Fortec Motorsports, a 15 voltas

Resultado da Corrida 2:
1. #10 Harrison Scott (GBR), RP Motorsport, 18 voltas em 35min41s834
2. #7 Jannes Fittje (DEU), RP Motorsport, a 1s112
3. #3 Simo Laaksonen (FIN), Campos Racing, a 1s685
4. #11 Alex Karkosik (POL), RP Motorsport, a 9s175
5. #19 Ben Hingeley (GBR), Fortec Motorsports, a 9s682
6. #16 Nikita Troitskiy (RUS), Drivex School, a 12s219
7. #34 Matheus Iorio (BRA), Campos Racing, a 13s379
8. #1 Cameron Das (USA), Campos Racing, a 14s177
9. #42 Eliseo Martinez (ESP), Teo Martin Motorsport, a 14s700
10. #77 Guilherme Samaia (BRA), Carlin Motorsport, a 14″990
11. #12 Christian Hahn (BRA), Drivex School, a 15s153
12. #18 Yan Shlom (RUS), Fortec Motorsports, a 15s501
13. #20 Petru Florescu (ROU), Fortec Motorsports, a 16s367
14. #22 Daniil Pronenko (RUS), BVM Racing, a 19s017
15. #55 Daniel Lu (CHN), BVM Racing, a 44s963
16. #43 Pedro Cardoso (BRA), Teo Martin Motorsport, a 1 volta
17. #24 Ameya Vaidyanathan (IND), Carlin Motorsport, a 3voltas
18. #14 Tarun Reddy (IND), Drivex School, a 3 voltas

Não classificados
19. #8 Lodovico Laurini (ITA), RP Motorsport, a 9 voltas
20. #2 Thiago Vivacqua (BRA), Campos Racing, a 12 voltas
21. #17 Devlin De Francesco (CAN), Carlin Motorsport, a 18 voltas

Classificação do campeonato após seis etapas:
1. #10 Harrison Scott, 286 pontos
2. #16 Nikita Troitskiy, 158
3. #24 Ameya Vaidyanathan, 119
4. #18 Jannes Fittje, 115
5. #17 Devlin De Francesco, 99
6. #2 Thiago Vivacqua, 88
7. #3 Simo Laaksonen, 72
8. #11 Alex Karkosik, 62
9. # 34 Matheus Iorio, 43
10. #20 Petru Florescu, 40
11. #19 Ben Hingeley, 38
12. #42 Eliseo Martinez, 31
13. #1 Raoul Hvman, 28
14. #14 Tarun Reddy, 25
15. #12 Christian Hahn, 11
16. #1 Cameron Das, 9
17. #8 Lodovico Laurini, 6
18. #43 Pedro Cardoso, 2
19. #44 Javier Cobián, 2
20. #77 Guilherme Samaia, 1
21. #21 Alexey Chuklin, 1
22. #55 Daniel Lu, 0
23. #22 Daniil Pronenko, 0
24. #20 Najiy Ayyad Razak, 0
25. #19 Yan Leon Shlom, 0

Classificação do campeonato de equipes após quatro etapas:
1. RP Motorsport, 108 pontos
2. Carlin Motorsport, 58
3. Drivex School, 56
4. Campos Racing, 47
5. Fortec Motorsports, 30
6. Teo Martin Motorsport, 6
7. BVM Racing, 0

Programação para a etapa de Jerez (horário de Brasília):

Sexta-feira, dia 6
5h – 5h30 – Treino Livre 1
7h – 7h30 – Treino Livre 2
9h45 – 10h15 – Treino Livre 3

Sábado, dia 7
4h30 – 5h – Classificação para Corrida 1
7h30 – Corrida 1 (18 voltas ou 35 minutos – Transmissão ao vivo pelo YouTube)

Domingo, dia 8
4h30 – 5h – Classificação para Corrida 2
7h30 – Corrida 2 (18 voltas ou 35 minutos – Transmissão ao vivo pelo YouTube)

Calendário da EuroFormula Open 2017:
1ª etapa – 29 e 30 de abril – Estoril (Portugal)
2º etapa – 27 e 28 de maio – Spa-Francorchamps (Bélgica)
3º etapa – 10 e 11 de junho – Paul Ricard (França)
4º etapa – 1 e 2 de julho – Hungaroring (Hungria)

5º etapa – 2 e 3 de setembro – Silverstone (Reino Unido)
6º etapa – 30 de setembro e 1 de outubro – Monza (Itália)
7ª etapa – 7 e 8 de outubro – Jerez (Espanha)
8ª etapa – 28 e 29 de outubro – Barcelona (Espanha)

Saiba mais sobre o piloto Thiago Vivacqua: www.thiagovivacqua.com.br

FGCom Assessoria de Imprensa
Fernanda Gonçalves / Caio Scafuro
Cel. 11 98245.4511 / 13 99756.8985
fernanda@fgcom.com.br / caio@fgcom.com.br
www.fgcom.com.br

About the Author:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *